Informação cultural sob o signo de África

HipHopDX: Aloe Blacc “Good Things” 2010

In Música, USA on Novembro 11, 2010 at 6:32 pm

Aloe Blacc
Good Things
2010
por J-23

Nota do Editor: (4,5/5)

Aloe Blacc - Good Things - 2010

Alguma da melhor música jamais gravada pertence a um género normalmente referido com soul. É também um dos pilares sobre o qual foi construído o Hip-Hop. Infelizmente algures na ascensão do Hip Hop assistimos à morte da Soul e do R&B. O género foi atropelado por com as beldades pop manufacturadas e aspirantes a rappers que eram (e são) pouco mais do que vendedores de porno com alguma técnica.

Seria portanto apenas adequado que neste que neste mundo de pernas para o ar  um MC veterano do underground nos trouxesse um dos melhores álbuns soul de memória recente.

Aloe Blacc, talvez melhor conhecido como a metade das rimas de Emanon com o produtor Exile, tem construído a sua experiência no circuito underground da costa leste durante mais de uma década. As primeiras cassetes de Emanin como Acid Nine e Imaginary Friends eram favoritas das trocas de fitas antes dos sites de MP3 e uploads terem acabado com o passatempo. Em 2002 o duo lançou a pérola da aclamada série Earplug chamada Anon & On, da Ill Boogie records. O EP começava com “What We Live For”, que continha versos tratando dos problemas das mulheres de hoje, materialismo e moral que aontinuam a ser dos melhores compassos dessa década.

Foi pouco tempo depois deste EP que Aloe cortou nos “versos de 16 linhas”* e começou a experimentar outros géneros e frequentemente misturá-los. Quer o Waiting Room de Emanon em 2005 quer o começo de Aloe na Stones Throw estavam repletos de raides no ´vasto mundo da música. Enquanto The Waiting Room tinha sucessos como “The World Don’t Thing”, Shine Through tinha na maioria falhanços. Alguns até muito maus. Portanto quando o brilhante “I Need a Dollar” escapou há alguns meses, foi emocionante ouvir Aloe a finalmente encontrar o que estava buscando.

“I Need A Dollar” era indicativo da direção de Aloe em Good Things, em que não diz uma única palavra de rap. Para esses novos fãs que ouviram o single como tema da série How to Make It In America da HBO, eles levam muito do que vieram à procura. A versão hipnótica de Aloe do tema dos Velvet Underground “Femme Fatale”, muitas vezes cantado, é das melhores que vais ouvir. “Green Lights” pode não ser uma versão, mas até pode ser se considerarmos a onda de Stevie Wonder que transporta. Algumas das faixas mais fortes são em simultâneo contemporâneas e com paladar a Island; “Miss Fortune” ilustra a qualidade de primeiro nível da escrita de canções de Aloe enquanto “If I” destaca a sua técnica impressionante.

Alguns ouvintes podem não se emocionar com “Momma Hold My Hand” mas não vão seguramente ser aqueles com uma mãe que vai envelhecendo. Como faixa isolada “Hey Brother” funciona bem, como banda sonora para Ron O’Neal a passar a grande velocidade no quarteirão. Mas como parte deste LP, sobretudo depois da ode emocionalmente carregada à sua mãe, é o único passo em falso neste LP. A faixa que dá o nome ao álbum também está um nível abaixo do resto do LP, mas causa poucos estragos. A expressão “uma brisa de ar fresco” pode ser das descrições que estão a ser mais sobre usadas, mas se Good Things não é isso, então fico sem saber o que é. Aloe passou muito tempo no trabalho duro da música independente, agora é a sua vez de brilhar.

*hot 16 refere no hip hop 16 linhas de verso

Link Original: hiphopdx.com

Esta análise é fruto da colaboração gentilmente acordada com a www.Hiphopdx.com o melhor site de crítica musical que conhecemos: erudito e informal.

I Need A Dollar

Femme Fatale

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: