Informação cultural sob o signo de África

Maio em Lisboa, entre Bamako e o Rio

In Brasil, mali, Música on Abril 27, 2008 at 8:51 pm

Os dois países musicalmente mais importantes do Mundo, o Brasil e o Mali, marcam presença na Cidade Branca, esperemos que cada vez mais preta, em Maio.
Na Culturgest, no Grande Auditório, actua o virtuoso da kora Toumani Diabaté, dia 30 de Maio. A kora é um instrumento da África Ocidental de 21 cordas com um som entre o alaúde e a harpa. Recentemente lançou The Mandé Variations (2008, World Circuit), um álbum a solo. Recomenda-se vivamente Djelika, de (2002, Hannibal) em trio com Bassekou Kouiaté (ngoni) e Keletigui Diabaté(balafon). Oportunidade para conhecer um país com uma rica história musical que remonta ao século XII.
Já agora como uma parte dos primeiros habitantes da Bahia eram malianos, vem aí a filha de um ilustre bahiano, que por acaso ajudou a criar a bossa nova, nativo de Juazeiro, Bebel Gilberto de seu nome. Vem apresentar o seu terceiro disco, Momento (2007, SonyBMG). Nos dias de sol o Tanto Tempo(2000, Ziriguiboom) continua a rodar no meu hi-fi, e se você conseguir manter o mau humor depois de ouvir Bananeira (Gilberto Gil/João Donato), seja realista e desespere , ams não deixe de reparar na produção que inclui uma parte de instrumentos de sopro genial.
Toumani, 30 de Maio, Culturgest
Bebel, 13 de Maio, Aula Magna

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: